5 passos essenciais para manter a equipe motivada

5 passos essenciais para manter a equipe motivada

Este artigo foi escrito por Ana Clara Carvalho, do blog Meu Aio

Já parou para pensar se você possui uma equipe motivada? Não faz a mínima ideia? Descobrir pode parecer um bicho de sete cabeças mas é necessário para entender as necessidades da sua equipe.

Essa análise pode ser feita através de uma divisão do que faria um funcionário ser mais feliz dentro de uma empresa. Assim, você descobre a chave de como manter uma equipe motivada. E, claro, encontra o que precisa modificar no dia-a-dia para que isso aconteça.

Vale começar a se questionar: como é o seu relacionamento com os colaboradores da empresa? Eles possuem metas? Você pensa na qualidade de vida deles? Eles se parecem com a cultura da empresa? Respondeu “talvez” a maioria das respostas? Então precisa revisar tudo o que acontece internamente que esteja relacionado aos colaboradores.

Para isso,decidimos reunir 5 passos para deixar a sua equipe mais feliz. Assim, realmente entenderá como motivar a equipe e trazer resultados promissores ao empreendimento.

Por que você deve se preocupar em ter uma equipe motivada?

Antes de pensar em como tratar melhor o cliente externo, é preciso pensar nos internos: os colaboradores.

Como trataremos bem os clientes, se não conseguimos manter uma comunicação alinhada com a nossa própria equipe? Em que só existem funcionários desmotivados, tristes e com nenhuma possibilidade de futuro dentro da empresa?

Com qual ânimo eles falarão do produto que vendem ou da empresa em que trabalham, se não se sentem felizes nela?

Por isso, hoje entenderemos os 5 passos fundamentais para motivar equipe. A frase a seguir será o nosso alicerce para sempre buscar melhorar.
“É impossível atender bem seus clientes se seu time não estiver bem atendido”.

1. Será que ele tem o fit cultural certo?

Já parou para pensar se os seus funcionários possuem um fit com a cultura da empresa? Ele é muito utilizado em processos seletivos como parte eliminatória. Isso porque se alguém não tem o fit cultural, isto é, não tem um modo de vida que bate com o da empresa, dificilmente terá bom rendimento.

E, consequentemente, sairá muito mais rápido do que o esperado. Ou até pior, a produtividade deste funcionário será bem menor do que você imagina.

O fit cultural tem muito a ver com os founders e com os primeiros colaboradores que trabalharam na empresa. Já que eles serão os responsáveis por moldar a rotina da empresa e como ela se dará dali por diante.

Há alguns anos atrás muitas empresas fizeram arquivos em ppt explicando o modo como funcionavam, seus valores, missão, ditando mesmo o que seria o código de cultura delas. Mas criou-se uma ideia de que essa tal “cultura da empresa” precisava ser documentada. E só.

Mas, simplesmente documentá-la não muda nada. Ela precisa ser utilizada – dentre outras formas – no processo seletivo a fim de definir quem seria o candidato ideal para aquela vaga. Com isso, para começar esse processo de entender como motivar equipe, é preciso entender como encontrar a equipe ideal.

2. Pense na qualidade de vida do colaborador

Já parou para pensar quanto tempo o seu funcionário gasta para chegar até o local em que trabalha? Se na hora em que ele sair de casa e voltar terá trânsito? Se o local em que almoça é saudável? Se as condições de vida do seu colaborador são as melhores de todas?

Tomás Duarte, da Tracksale, ressaltou o quanto pensa na qualidade de vida do colaborador na hora da contratação em entrevista ao AioCast. Para ele, se preocupar com esses pontos é essencial. “Se tiver uma série de detalhes que podem gerar um desconforto, isso pode ser prejudicial a qualidade de vida”, explica o fundador e diretor executivo da Tracksale.

Portanto, isso deve ser pensado na hora da contratação. Afinal, quanto mais a qualidade de vida do seu profissional for ampliada, mais ele gostará de trabalhar na empresa. E, consequentemente, mais feliz será. Então, pense nisso.

3. Onboarding de funcionários e a educação continuada deixam a equipe motivada

Como você acolhe os seus novos funcionários? Existe um processo chamado de onboarding assim que eles entram? Não sabe o que é? Como o próprio nome já sugere, é um processo de inserção do novo colaborador às suas novas funções e também ao local de trabalho. Dessa forma ele passa a entender como é a rotina e o processo produtivo da empresa.

Podem existir diferentes tipos de onboarding. Desde os mais demorados em que o novo funcionário passará alguns dias até entrar nessa cultura da empresa, até aqueles em que ele apenas será guiado por outro funcionário e apresentado à equipe.
Independente de ser longo ou não, o importante é a qualidade do processo. Será que esse treinamento está eficiente e insere realmente o colaborador ao novo ambiente de trabalho?

E isso não deve acontecer apenas quando ele entra na empresa.
Deve existir também o que chamamos de educação continuada ou de compartilhar conhecimento. O aprendizado é essencial para o desenvolvimento profissional e até da própria empresa. Portanto, aprender sempre é importante. Nesse sentido, manter uma equipe capaz de compartilhar conhecimento e, assim, manter essa educação continuada girando, é essencial neste processo.

4. Honestidade acima de tudo

Você é honesto com o seu colaborador? Sabe dar aquele feedback sincero? Acredite, isso é essencial para manter uma equipe motivada. Saber tanto elogiar quanto dar um palpite para melhorar é importante para o crescimento do profissional que trabalha com você.

Aposto que você mesmo fica triste quando faz um trabalho brilhante, mas ninguém na diretoria fala isso abertamente com você. Ou quando você sente que poderia ter ficado melhor, mas não recebe nenhuma contrapartida da sua equipe.

Propor melhorias é bom tanto para a empresa quanto para o colaborador, ambos crescem juntos. Imagina o que seria do SAC se nenhuma reclamação fosse feita? As empresas nunca saberiam se algo está ou não dando certo. Por isso reconhecer erros, encontrá-los e também apontar qualidades é essencial.

Na Trustvox, por exemplo, startup que trabalha com a sinceridade do cliente mediante a compra de um produto, resolver levar a experiência da honestidade para dentro da equipe. O co-fundador da startup, Horácio Poblete, em entrevista ao AioCast, ressaltou que essa é uma aposta que rende frutos tanto o colaborador quanto para o CEO. “Quando trabalhamos com colaboradores que possuem essa característica é mais fácil escolhê-lo para uma promoção, por exemplo. Além disso, quanto mais honesta e empresa for, menos reclamações terá de seus colaboradores” explica.

5. Dinheiro serve como bonificação para manter equipe motivada?

Será que você dá os incentivos certos aos seus colaboradores? Essa bonificação aqui poderia ser baseada no nível de felicidade que o seu funcionário teria ao conquistar uma meta. Quanto mais feliz e acolhido ele se sentir, mais motivado estará para desenvolver suas atividades.

Bernard De Luna, co-fundador da Bunee.io, em entrevista ao AioCast, fala sobre formas de manter um funcionário por mais tempo. Dentre elas, ele mencionou que dinheiro deixa de ser um incentivo a partir do segundo mês. Portanto, é preciso pensar em outras formas de comemorar o cumprimento de metas.

De Luna deu o exemplo da Resultados Digitais em que os colaboradores possuem um playground que é abastecido com novos recursos a partir das metas batidas pelas equipes. Já que cada setor arrecada uma certa quantia e adquire novas ferramentas para o espaço.

“Metas batidas não são só tapinhas nas costas, elas precisam ser premiadas e não é de dinheiro que eu estou falando. É premiar mesmo, com motivação intrínseca”, ressaltou o empreendedor.

Já pensou no que pode alterar na rotina da sua empresa para diminuir a rotatividade de funcionários e motivar equipe? O que você faz na sua empresa para que isso aconteça? Mande nos comentários!

 

Este texto foi escrito por Ana Clara Carvalho, jornalista e redatora do blog Meu Aio. Ela te ajudará a entender melhor o mundo dos cursos em vídeo para treinamentos corporativos e ainda como melhorar as suas produções audiovisuais. Confira todo o conteúdo no ComoUsar.MeuAio.com. Entre em contato com ela: acarvalho@barbaruiva.com